Coronavírus: impactos da pandemia no agronegócio brasileiro

Medo. Incertezas. Preocupação. Raiva. Estresse. Angústia. Ansiedade. Estes são alguns dos sentimentos mais frequentes nas vidas dos brasileiros após a chegada e rápida propagação do novo Coronavírus. Dentre as principais preocupações, está a incerteza de como isso afetará o mercado financeiro e, principalmente, o agronegócio (já que é ele que sustenta milhares e milhares de famílias).

Uma coisa é fato: o agronegócio nunca parou e não irá parar! Até porque são os negócios rurais que alimentam a população e fornecem matéria-prima para a produção de diversos produtos de inúmeros setores industriais.

No entanto, mesmo com essa informação, é comum muitos produtores ficarem preocupados com a atual e futura situação.

Pensando nisso, selecionamos as principais informações sobre os impactos e perspectivas no universo do agronegócio neste momento. Continue lendo e confira!

 

Alta do dólar

Apesar do preço alto do dólar prejudicar, praticamente, toda a economia de um país, os produtores das oleaginosas, como a soja, por exemplo, estão otimistas. Isso porque, com a valorização da moeda e o atual cenário, os preços das oleaginosas subiram.

 

Imposto de Renda

Com a prorrogação das obrigatoriedades fiscais que aconteceriam entre abril e maio, como a declaração do Imposto de Renda, os produtores terão mais tempo para organizarem suas contas e procurar os documentos que faltaram.

 

Mudança de hábitos da população

Com o isolamento social, muitas famílias estão passando mais tempo em casa e, com isso, se alimentando mais, gerando mais lucros tanto ao produtor rural pequeno quanto ao grande.

 

Como cuidar da gestão rural em meio à crise do Coronavírus?

O primeiro passo para cuidar do fluxo de capital do seu agronegócio neste momento de crise é mapear todas as despesas e analisar o que pode e o que não deve ser cortado.

Além disso, contar com peças de qualidade que não irão causar problemas às suas máquinas agrícolas é fundamental para economizar dinheiro no final do mês. Para isso, você pode contar com as soluções da Norma Din. Para tirar suas dúvidas, clique aqui ou entre em contato com nossos especialistas por este link do Whatsapp.